Maceió é a segunda capital mais violenta para adolescentes no país, diz pesquisa

Maceió é a segunda capital mais violenta para adolescentes no país, diz pesquisa

  • 0 comentário(s)
Maceió é a segunda capital mais violenta do país para jovens entre 12 e 18 anos, segundo apontou o Índice de Homicídios na Adolescência (IHA), divulgado nesta quarta-feira (11) pelo Fundo das Nações Unidas para a Infância (UNICEF), que usa dados de 2014.
De acordo com a pesquisa, mais de 300 municípios com mais de 100 mil habitantes foram analisados no Brasil. Em Alagoas, apenas a capital e Arapiraca entraram no levantamento.
Para cada mil pessoas nessa faixa etária, 9,37 correm o risco de serem assassinadas antes do 19º aniversário em Maceió. Em Arapiraca, esse número é de 3,71.
O governo do Estado informou que as políticas públicas adotadas a partir de 2015 nas áreas de segurança, educação, esporte e inclusão produtiva e social tiveram impacto direto no índice de homicídios entre jovens, com uma redução de 15,4% na taxa de mortes por 100 mil jovens entre 15 e 29 anos.
Ainda segundo o estado, esse quadro aponta para uma diminuição do agravamento da violência entre jovens a partir de 2015, em contraponto ao que ocorria em 2014.
O levantamento da Unicef, embora apresente números preocupantes, revela uma melhora nos índices em relação ao ano anterior, Em 2013, a taxa de homicídios de jovens em Maceió e Arapiraca ficava em 9,55 e 7,53, respectivamente.
Em relação aos estados do país, Alagoas também ficou com a segunda posição, com o IHA de 8,18, atrás apenas do Ceará, com 8,71.
O cálculo dos riscos relativos atesta a influência de sexo, cor, idade e meio utilizado no homicídio na probabilidade de um adolescente ser vítima de violência letal.
O IHA é o resultado de uma parceria entre o UNICEF, o Ministério dos Direitos Humanos (MDH), o Observatório de Favelas e o Laboratório de Análise da Violência, da Universidade do Estado do Rio de Janeiro (LAV-Uerj).





Fonte: G1 AL

0 comentário(s)

Seu nome:
Seu comentário:
Todos os direitos Reservados a Rádio Jaciobá Fm.
Sistema criado por Webservic